InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Login  

Compartilhe | 
 

 Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Dom 02 Mar 2008, 13:23

AUDITORIA
Cargo: Analista de Controle Externo - ACE - 2005/2006 10 Prova Objetiva 2 - Gabarito 1


27- O auditor do Tribunal de Contas da União, ao analisar
uma área de licitações de contratos, com relação a se os
controles internos, desta área, garantem o controle a um
custo mínimo, estará efetuando uma avaliação de
a) quantifi cação
b) economicidade
c) controle
d) efi ciência de gestão
e) efi cácia

28- O auditor, ao determinar a amostra a ser selecionada, deve
considerar:
a) obrigatoriamente, métodos de amostragem estatísticos
e não estatísticos de forma a garantir a avaliação de
todos os itens da amostra.
b) um número mínimo de elementos a serem testados,
independente do volume da amostra.
c) que a amostra deva ter uma relação direta com o
volume de transações realizadas pela entidade na
área ou transação objeto do exame.
d) que a amostra seja selecionada conforme critérios
determinados pela área auditada e o auditor.
e) somente elementos selecionados por métodos estatísticos,
sendo necessário evidenciar sufi cientemente
os fatos que comprovem os itens selecionados.

29- O auditor interno ao realizar o processo de avaliação das
rotinas a seguir, constata que
I. uma nota fi scal de compras de material de escritório,
que o analista contábil havia guardado em sua gaveta
para posterior registro, não foi lançada;
II. em virtude de problemas no setor de faturamento da
empresa, o gerente de logística, que tinha urgência em
realizar a entrega da mercadoria a um cliente especial,
utilizou uma nota fi scal de um outro cliente que já havia
recebido a mercadoria com a mesma especifi cação e
quantidade para atender essa urgência;
III. o gerente de tecnologia da informação, por
solicitação do departamento de contabilidade, ajustou
o sistema de estoques para que, todas as vezes em
que o saldo de mercadorias no sistema estiver abaixo
da quantidade vendida, sejam baixados somente os
itens existentes no sistema.
Com base nas considerações anteriores e de acordo
com as defi nições convencionadas de fraude e erro,
podemos afi rmar que houve, respectivamente
a) I. Fraude; II. Fraude; III. Fraude
b) I. Erro; II. Erro; III. Fraude
c) I. Erro; II. Erro; III. Erro
d) I. Fraude; II. Fraude; III. Erro
e) I. Erro; II. Fraude; III. Fraude
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Dom 02 Mar 2008, 13:23

30- Em relação à auditoria interna pode-se afi rmar que,
a) com relação às pessoas jurídicas de direito público
não é sua atribuição avaliar a economicidade dos
processos, visto que o objetivo do governo é de
controle, independente do valor.
b) é sua atribuição aperfeiçoar, implantar e fazer cumprir
as normas por ela criadas em sua plenitude.
c) deve relatar as não-conformidades sem emitir opinião
ou sugestões para que sejam feitas as correções ou
melhorias necessárias.
d) é seu objetivo prevenir fraudes ou roubos, sendo que
sempre que tiver quaisquer indícios ou constatações
deverá informar a administração, de forma reservada
e por escrito.
e) sua função é exclusivamente de validar os processos
e transações realizadas, sem ter como objetivo assistir
à administração da entidade no cumprimento de suas
atribuições.

31- O auditor do Tribunal de Contas da União, somente com
base na verifi cação de que a entidade auditada possui
objetivos claros, orçamento adequado aos seus objetivos e
a não-existência de possibilidade de comprometimento de
suas atividades, pode afi rmar que
a) na avaliação de risco, a empresa não possui fatores
que possam comprometer o alcance de seus
objetivos.
b) na avaliação das atividades de controle, a empresa
possui fatores que possam comprometer o alcance de
seus objetivos.
c) garante a informação e comunicação interna,
permitindo captar e manipular as informações de
forma adequada.
d) não oferece risco de controle do pessoal, nem de
fraude ou erro nas operações da organização.
e) todos os componentes do controle interno estão
adequados e com o funcionamento compatível com
as necessidades da empresa.

32- No processo de auditoria operacional do Tribunal de
Contas da União, uma das metodologias utilizadas para
apresentação dos dados coletados, são modelos analíticos.
Assim, o modelo de Marco Lógico
a) determina a existência de controles do ambiente e
estatísticos.
b) pressupõe a existência de um completo sistema de
gestão de informações gerenciais.
c) é defi nido pela análise dos fatores ambientais externos
e internos que infl uenciam no negócio da empresa.
d) estabelece procedimentos de levantamento de
processos e dados para divulgação aos gestores.
e) exemplifi ca como a empresa desenvolve suas
atividades, detalhando todos os processos
existentes.



GABARITO

27 - B
28 - C
29 - E
30 - D
31 - A
32 - B
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
 
Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Resolvido](CMBH 2005/2006) Envelopes e Provas
» Ângulo externo
» (ITA) 2005
» Pneumatologia: agente externo x agente interno
» A questão da liberdade da imprensa e a possibilidade de certo controle da mídia.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FÓRUM DOS CONCURSOS ::  ÁREA FISCAL :: só auditoria-
Ir para: