InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Login  

Compartilhe | 
 

 Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Dom 02 Mar 2008, 13:08

CONTABILIDADE
Cargo: Analista de Controle Externo - ACE - 2005/2006 6 Prova Objetiva 2 - Gabarito 1

15- A empresa Mentescapo S/A apresentou os seguintes dados
componentes de seu balanço patrimonial e demonstração
de resultados do exercício de 2005 para elaboração das
Demonstrações e efetivação de análise contábil (em
milhares de reais):
C o n t a s------------------------- 20x1----------------- 20x2
Caixa e Bancos----------------- 274-------------------- 242
Capital Social------------------ 3.000------------------ 3.000
Compras de Mercadorias--- 6.300--------------- 10.296
Depreciação Acumulada------360-------------------840
Despesas Administrativas---2.746----------------- 2.640
Despesas Financeiras-------1.000------------------1.340
Duplicatas a Pagar-----------1.560------------------1.080
Encargos de Depreciação-----360------------------ 480
Fornecedores----------------- 1.700----------------- 1.200
Mercadorias Estq Inicial----- 1.260---------------- 1.560
Móveis e Utensílios---------- 4.800 -----------------4.800
L/P Acumulados-------------- (120)------------------- 14
Vendas de Mercadorias----10.240-------------- 15.224
Observações:

1) O estoque fi nal de mercadorias em 20x2 foi avaliado
em MR$1.700.
2) Não deve ser considerada nenhuma implicação de
natureza fiscal ou tributária.

Ao promover-se a análise contábil dos balanços,
elaborados com base nas informações acima, pode-se
dizer que:

a) A liquidez corrente cresceu quase 52% de 20x1 para
20x2.
b) A rentabilidade do capital sofreu forte declínio de 20x1
para 20x2.
c) A liquidez imediata tem-se mantido abaixo de um
décimo.
d) A liquidez seca manteve-se inalterada de 20x1 para
20x2.
e) A rotação dos estoques, que era de 94 dias em 20x1,
tornou-se mais lenta ao passar para 60 dias em
20x2.

16- A empresa Comércio S/A tinha um balancete expresso com
as seguintes contas e saldos em 21 de dezembro de 2005:
C o n t a s s a l d o s
Receitas de Vendas R$ 8.000,00
Custo das Mercadorias Vendidas R$ 4.400,00
Móveis e Utensílios R$ 2.000,00
Despesas Financeiras R$ 1.540,00
Capital Social R$ 1.500,00
Despesas Administrativas R$ 1.320,00
Mercadorias R$ 690,00
Fornecedores R$ 600,00
Caixa e Bancos R$ 520,00
Títulos a Pagar R$ 440,00
Depreciação Acumulada R$ 420,00
Encargos de Depreciação R$ 280,00
Clientes R$ 250,00
Lucros Acumulados R$ 40,00

Nos últimos 10 dias do exercício social, que terminou em
31 de dezembro, a empresa registrou os seguintes fatos
contábeis:

1) Compra de mercadorias isentas de tributação por
R$1.200,00, aceitando duplicatas.
2) Pagamento do contrato de seguros de R$ 480,00,
para vigorar de dezembro/05 a maio/06.
3) Desconto de duplicatas no valor de R$ 200,00, com
encargos bancários de 10%.
4) Provisionamento para o Imposto de Renda, à alíquota
de 25% sobre o lucro real, que, no caso, coincide com
o resultado do exercício.

O balancete de verifi cação, elaborado após o lançamento
dos fatos acima e antes do encerramento contábil das
contas de resultado, vai evidenciar

a) saldos devedores de R$ 12.880,00.
b) saldos credores de R$ 12.500,00.
c) lucro líquido do exercício de R$ 400,00.
d) passivo exigível de R$ 2.240,00.
e) ativo patrimonial de R$ 4.180,00.


Última edição por oculto em Sab 15 Mar 2008, 15:48, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Dom 02 Mar 2008, 13:09

17- O Patrimônio Líquido da Cia. de Canto, cujo capital social
está composto de cem mil ações, estava assim representado
em 31.12.2005:

Capital Social R$ 900.000,00
Reservas de Reavaliações R$ 200.000,00
Reservas de Lucros R$ 50.000,00
Lucros Acumulados R$ 25.000,00

Se uma empresa com capital social de 800.000 ações,
de valor nominal de R$ 1,40 e com patrimônio líquido de
R$1.400.000,00, adquirir nove mil ações da Cia. de Canto
por R$110.000,00, estará confi rmado um caso de

a) Investimento relevante.
b) Equivalência patrimonial.
c) Coligação acionária.
d) Aquisição com deságio.
e) Controle acionário.

18- A empresa Expert S/A obteve Receita Bruta de Vendas no
valor de R$ 400.000,00 no exercício de 2005. Essas vendas
são tributadas com ICMS de 17% não incidindo sobre elas
nem PIS nem COFINS.
As entradas de mercadorias do período foram decorrentes
de uma compra de 400 unidades, cuja nota fi scal foi paga
com um cheque de R$ 312.000,00, além de 200 unidades
da mesma mercadoria, que a empresa já tinha, avaliadas
em R$ 120.000,00.
Neste tipo de mercadoria, as entradas são tributadas com
ICMS de 12% e IPI de 4%, não havendo implicações com
PIS ou COFINS.
As receitas foram decorrentes da venda de 60% das
mercadorias, sendo os estoques avaliados pelo critério
PEPS.

Considerando os dados e informações acima, pode-se dizer
que a empresa obteve lucro operacional bruto de

a) R$ 94.400,00
b) R$ 97.184,00
c) R$116.000,00
d) R$106.570,00
e) R$101.600,00

19- Após contabilizar todas as operações de ajuste para
encerramento do exercício social e elaboração dos balanços,
exceto a constituição da reserva legal, a empresa Sodium
S/A apresentou os seguintes elementos e respectivos
valores:

Ativo total R$ 470.000,00
Capital Social R$ 110.000,00
Despesas totais R$ 120.000,00
Passivo Exigível R$ 260.000,00
Patrimônio Líquido R$ 210.000,00
Receitas totais R$ 190.000,00
Reservas de Capital R$ 10.000,00
Reserva Legal R$ 20.000,00

Para constituição da aludida reserva legal no exercício
em questão, nos termos da Lei n. 6.404/76 e alterações
pertinentes, a empresa deverá destinar o valor de

a) R$ 3.800,00
b) R$ 2.000,00
c) R$ 3.200,00
d) R$ 3.000,00
e) R$ 3.500,00
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Dom 02 Mar 2008, 13:09

20- As informações abaixo são da Contabilidade da Cia. Carbonato e Cloro, relativas ao exercício de 2005:
01 - Vendas de mercadorias a vista R$ 15.000,00
02 - Compra de mercadorias a curto prazo R$ 4.800,00
03 - Lucro líquido do exercício R$ 4.500,00
04 - Pagamentos a fornecedores R$ 4.200,00
05 - Recebimento de clientes R$ 3.000,00
06 - Compra a vista de veículos para o ativo imobilizado R$ 2.700,00
07 - Integralização do capital social, sendo:
- em dinheiro R$ 150,00
- em mercadorias R$ 1.200,00
- em móveis e utensílios para o escritório R$ 600,00 R$ 1.950,00
08 - Compra a prazo (160 dias) de móveis para o escritório R$ 1.650,00
09 - Compras de máquinas industriais a longo prazo R$ 1.500,00
10 - Venda de veículo a curto prazo (valor contábil = 1.500,00) R$ 1.350,00
11 - Pagamentos de despesas com vendas R$ 1.320,00
12 - Venda de participações societárias (custo = 900,00) R$ 1.300,00
13 - Empréstimos tomados a longo prazo R$ 1.200,00
14 - Pagamento de empréstimos a longo prazo R$ 900,00
15 - Depósitos Bancários R$ 900,00
16 - Pagamentos de despesas administrativas R$ 800,00
17 - Recebimento de empréstimos concedidos aos sócios R$ 450,00
18 - Dividendos distribuídos R$ 450,00
19 - Empréstimos concedidos a empresas coligadas R$ 300,00
20 - Despesas com depreciações e amortizações R$ 300,00
21 - Reversão de reservas para contingências R$ 180,00
22 - Pagamento de empréstimos a curto prazo R$ 150,00
23 - Empréstimos tomados a curto prazo R$ 143,00

A partir das operações acima, pode-se afi rmar que o Capital Circulante Líquido da empresa aumentou em

a) R$ 4.800,00
b) R$ 4.380,00
c) R$ 4.200,00
d) R$ 4.980,00
e) R$ 5.100,00

21- De acordo com o que dispõe o art. 35 da Lei n. 4.320/64,
conclui-se que o regime contábil adotado pela Contabilidade
Pública em nosso País é
a) misto, sendo de caixa para as receitas e de
competência para as despesas.
b) de competência, para receitas e despesas.
c) misto, sendo de competência para as receitas e de
caixa para as receitas.
d) de caixa, para receitas e despesas.
e) misto, sendo de caixa para as receitas e despesas
correntes, e de competência para as receitas e
despesas de capital.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Dom 02 Mar 2008, 13:09

22- Assinale a opção que aponta a correta correlação entre as
colunas:
1) lançamento
2) arrecadação
3) recolhimento
4) empenho
5) liquidação
6) pagamento
( ) ato emanado de autoridade
competente que cria para o estado
obrigação de pagamento, pendente
ou não de implemento de condição.
( ) momento em que os contribuintes
comparecem perante aos agentes
arrecadadores a fi m de liquidarem
suas obrigações para com o
estado.
( ) emissão do cheque ou ordem
bancária em favor do credor.
( ) verificação do implemento de
condição, ou seja, verifi cação objetiva
do cumprimento contratual.
( ) relação individualizada dos contribuintes,
discriminando a espécie, o
valor e o vencimento do imposto de
cada um.
( ) ato pelo qual os agentes arrecadadores
entregam diariamente ao Tesouro
público o produto da arrecadação.

a) 1 - 3 - 6 - 5 - 4 - 2
b) 4 - 3 - 6 - 5 - 1 - 2
c) 1 - 3 - 5 - 6 - 4 - 2
d) 4 - 2 - 6 - 5 - 1 - 3
e) 5 - 2 - 3 - 1 - 4 - 6

23- No Plano de Contas da Administração Pública Federal, a
classe representa o nível máximo de agregação das contas.
Assinale, a seguir, a opção que exprime corretamente uma
classe.

a) Passivo circulante.
b) Ativo circulante.
c) Receita.
d) Ativo realizável a longo prazo.
e) Patrimônio líquido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Dom 02 Mar 2008, 13:10

24- De acordo com a Lei n. 4.320/64, assinale a opção que
indica o correto preenchimento das lacunas:
__________ demonstrará as receitas e despesas
previstas em confronto com as realizadas.
__________ demonstrará a receita e a despesa
orçamentárias, bem como os recebimentos e os
pagamentos de natureza extra-orçamentária, conjugados
com os saldos em espécie provenientes do exercício
anterior, e os que se transferem para o exercício
seguinte.
__________ demonstrará o Ativo Financeiro, o Ativo
Permanente, o Passivo Financeiro, o Passivo Permanente,
o Saldo Patrimonial e as Contas de Compensação.
__________ evidenciará as alterações verifi cadas no
patrimônio, resultantes ou independentes da execução
orçamentária, e indicará o resultado patrimonial do
exercício.

1. O Balanço Financeiro.
2. O Balanço Orçamentário.
3. O Balanço Patrimonial.
4. A Demonstração das Variações Patrimoniais.

a) 1 - 2 - 3 - 4
b) 2 - 1 - 4 - 3
c) 1 - 2 - 4 - 3
d) 1 - 3 - 2 - 4
e) 2 - 1 - 3 - 4

25- Na Contabilidade Pública, as contas do Plano de Contas são
separadas em sistemas de contas independentes, visando
facilitar a elaboração dos balanços e demonstrativos. Acerca
de tais sistemas, assinale a opção correta.

a) O Sistema Orçamentário está relacionado com os
ingressos (entradas) e os dispêndios (saídas) de recursos,
ou seja, com o registro dos recebimentos e pagamentos
de natureza orçamentária e extra-orçamentária.
b) O Sistema Financeiro registra os bens móveis,
imóveis, estoques, créditos, obrigações, valores,
inscrição e baixa da dívida ativa, operações de
créditos, superveniências e insubsistências ativas e
passivas.
c) As contas do grupo “Disponível” (Caixa, Bancos Conta
Movimento, Aplicações Financeiras etc.) pertencem
ao Sistema Patrimonial.
d) O Sistema Financeiro é representado pelos atos de
natureza orçamentária, tais como: previsão da receita,
fi xação da despesa, descentralização de créditos,
empenho da despesa.
e) As contas pertencentes ao Sistema Orçamentário
estão alocadas dentro do ativo e passivo
compensados, sendo representadas pelos grupos
1.9.1/2.9.1 (Execução Orçamentária da Receita) e
1.9.2/2.9.2 (Execução Orçamentária da Despesa).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Dom 02 Mar 2008, 13:10

26- Com base nos dados seguintes, assinale a opção que
representa o correto resultado orçamentário:
Receita corrente prevista: $ 60
Receita corrente realizada: $ 65
Despesa corrente prevista: $ 60
Despesa corrente realizada: $ 60
Receita de capital prevista: $ 40
Receita de capital realizada: $ 35
Despesa de capital prevista: $ 40
Despesa de capital realizada: $ 40

a) Superávit orçamentário de $ 5, que deverá constituir
item da receita orçamentária.
b) Superávit do orçamento de capital de $ 5, que deverá
constituir item da receita orçamentária.
c) Superávit do orçamento corrente de $ 5, que deverá
constituir item da receita extra-orçamentária.
d) Superávit do orçamento de capital de $ 5, que deverá
constituir item da receita extra-orçamentária.
e) Superávit do orçamento corrente de $ 5, que deverá
constituir item da receita orçamentária.





GABARITO

15 - A
16 - E - ANULADA
17 - D - ANULADA
18 - E
19 - B
20 - C
21 - A
22 - D
23 - C
24 - B - ALTERADO PARA "D"
25 - E
26 - C

Citação :
TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO
Instituto Serzedello Corrêa
EDITAL N° 03/ACE-CE, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2006
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE ANALISTA DE CONTROLE EXTERNO -
ACE
O Diretor-Geral do Instituto Serzedello Corrêa do Tribunal de Contas da União, em cumprimento ao
disposto no subitem 9.4 do Edital Nº 01/ACE-CE, de 21 de novembro de 2005, publicado no DOU de 23/11/2005, e em
acolhimento aos pronunciamentos da Banca Examinadora emitidos em razão dos recursos apresentados quanto às
questões das provas objetivas do concurso público para o cargo de Analista de Controle Externo - Área Controle
Externo, aplicadas nos dias 21 e 22/01/2006, torna públicas as seguintes decisões:

I - ANULAR as questões abaixo relacionadas e atribuir os pontos a elas correspondentes a todos os candidatos
presentes às provas, independentemente de terem ou não os mesmos recorrido:

a) Na Prova Objetiva 1 - em todos os gabaritos: as questões nºs 09 e 11 da disciplina Língua Portuguesa; nº 17
da disciplina Direito Constitucional; nº 24 da disciplina Direito Administrativo e nºs 43 e 44 da disciplina Direito
Processual Civil;

b) Na Prova Objetiva 2 - em todos os gabaritos: a questão nº 06 da disciplina Administração Financeira e
Orçamentária; nºs 16 e 17, da disciplina Contabilidade e Auditoria e nº 40 da disciplina Controle Externo da Gestão
Pública;

II - ALTERAR as respostas das questões a seguir indicadas, em seus respectivos gabaritos:

a) Na Prova Objetiva 1: na questão nº 25, da disciplina Direito Administrativo, da letra E para a letra C (Gab.
1); da letra C para a letra E (Gab. 2); da letra A para a letra C (Gab. 3); da letra D para a letra C (Gab. 4);

b) Na Prova Objetiva 2: na questão nº 24, da disciplina Contabilidade e Auditoria, da letra B para a letra E
(Gab. 1)
; da letra D para a letra B (Gab. 2); da letra A para a letra B (Gab. 3); da letra E para a letra B (Gab. 4);
...


Última edição por oculto em Dom 16 Mar 2008, 10:24, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
lromano78
moderador


Número de Mensagens : 4
Data de inscrição : 03/03/2008

MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Ter 11 Mar 2008, 09:03

16 - Encontrei 4.160 para o ativo. Alguém fez essa ???
17 – Cia adquirente »»» CS = 800.000 x 1,4 = 1.120.000
PL = 1.400.000
adquiriu 9.000 ações da Canto, que corresponde à 9% do CS, logo passou a ser titular de 9% do PL da Canto, que corresponde à 105.750 ( 1.175.000 x 9%). Se a adquirente pagou 110.000 pelas ações, a compra foi feita com ágio.... não é isso??? Onde eu errei ???
Para saber se é relevante, dividimos o investiomento (105.750) pelo PL da adquirente (1.175.000) que é igual a 9%, não sendo relevante (deve ser maior do que 10% para ser relevante).
Para ser controlada deve ter 50% mais um, das ações com direito a voto.
Para ser coligada, deve participar com 10% ou mais no CS da investida, sem controlá-la (só participa com 9%).
Viajei???
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Dom 16 Mar 2008, 09:33

Eu esqueci de colocar o gabarito após os recursos...então, peço desculpas. As questões 16 e 17 foram anuladas. E a questão 24 teve o gabarito alterado para "D".

Veja:

Citação :
TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO
Instituto Serzedello Corrêa
EDITAL N° 03/ACE-CE, DE 23 DE FEVEREIRO DE 2006
CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE ANALISTA DE CONTROLE EXTERNO -
ACE
O Diretor-Geral do Instituto Serzedello Corrêa do Tribunal de Contas da União, em cumprimento ao
disposto no subitem 9.4 do Edital Nº 01/ACE-CE, de 21 de novembro de 2005, publicado no DOU de 23/11/2005, e em
acolhimento aos pronunciamentos da Banca Examinadora emitidos em razão dos recursos apresentados quanto às
questões das provas objetivas do concurso público para o cargo de Analista de Controle Externo - Área Controle
Externo, aplicadas nos dias 21 e 22/01/2006, torna públicas as seguintes decisões:

I - ANULAR as questões abaixo relacionadas e atribuir os pontos a elas correspondentes a todos os candidatos
presentes às provas, independentemente de terem ou não os mesmos recorrido:

a) Na Prova Objetiva 1 - em todos os gabaritos: as questões nºs 09 e 11 da disciplina Língua Portuguesa; nº 17
da disciplina Direito Constitucional; nº 24 da disciplina Direito Administrativo e nºs 43 e 44 da disciplina Direito
Processual Civil;

b) Na Prova Objetiva 2 - em todos os gabaritos: a questão nº 06 da disciplina Administração Financeira e
Orçamentária; nºs 16 e 17, da disciplina Contabilidade e Auditoria e nº 40 da disciplina Controle Externo da Gestão
Pública;

II - ALTERAR as respostas das questões a seguir indicadas, em seus respectivos gabaritos:

a) Na Prova Objetiva 1: na questão nº 25, da disciplina Direito Administrativo, da letra E para a letra C (Gab.
1); da letra C para a letra E (Gab. 2); da letra A para a letra C (Gab. 3); da letra D para a letra C (Gab. 4);

b) Na Prova Objetiva 2: na questão nº 24, da disciplina Contabilidade e Auditoria, da letra B para a letra E
(Gab. 1)
; da letra D para a letra B (Gab. 2); da letra A para a letra B (Gab. 3); da letra E para a letra B (Gab. 4);
...

Mas estou curioso em uma coisa. Eu tentei fazer a questão 16 e encontrei 4140 para o ativo. Porque o meu ativo deu um resultado diferente do seu? Você não quer conferir o ativo para compararmos a nossa classificação de contas? Eu vou colocar a minha solução aqui embaixo. Coloque a sua também para gente fazer uma comparação. E tem mais uma coisa: eu encontrei a resposta 12.880 para contas devedoras. Por esse resultado o gabarito deveria ser letra A. Você encontrou o mesmo?

MINHA SOLUÇÃO:

PASSO 1: classificação das contas

Receitas de Vendas R$ 8.000,00 - DRE-C
Custo das Mercadorias Vendidas R$ 4.400,00 - DRE - D
Móveis e Utensílios R$ 2.000,00 - ATIVO - D
Despesas Financeiras R$ 1.540,00 - DRE - D
Capital Social R$ 1.500,00 - PL - C
Despesas Administrativas R$ 1.320,00 - DRE - D
Mercadorias R$ 690,00 - ATIVO - D
Fornecedores R$ 600,00 - PASSIVO - C
Caixa e Bancos R$ 520,00 - ATIVO - D
Títulos a Pagar R$ 440,00 - PASSIVO - C
Depreciação Acumulada R$ 420,00 - ATIVO - C
Encargos de Depreciação R$ 280,00 - DRE - D
Clientes R$ 250,00 - ATIVO - D
Lucros Acumulados R$ 40,00 - PL - C (*não existe mais na nova lei)


PASSO 2: lançamentos

1) Compra de mercadorias isentas de tributação por
R$1.200,00, aceitando duplicatas.

D - MERCADORIA (ativo)
C - DUPLICATAS A PAGAR - 1200 (passivo)



2) Pagamento do contrato de seguros de R$ 480,00,
para vigorar de dezembro/05 a maio/06.

Dezembro/janeiro/fevereiro/março/abril/maio = 6 meses
Logo,
R$ 480/6 = $80/mês

Despesa de 2005 - $ 80
Despesa de 2006 paga antecipadamente - $ 400

C - BCM
D - DESPESA DE SEGURO - 80 (DRE)
D - DESPESA PAGA ANTECIPADAMENTE - 400 (ativo)


3) Desconto de duplicatas no valor de R$ 200,00, com
encargos bancários de 10%.

C - DUPLICATA DESCONTADA - 200 (ativo)
D - BCM - 180 (ativo)
D - DESPESA/ENCARGO BANCÁRIO - 20 (DRE)



4) Provisionamento para o Imposto de Renda, à alíquota
de 25% sobre o lucro real, que, no caso, coincide com
o resultado do exercício.

Lucro = $360
Provisionamento para IR = $ 54 (passivo)



PASSO 3: como ficaram as contas

ATIVO
D
C

2.000
690
520
250
1.200
400
180
420
480
200
=4.140

PASSIVO:
D
C

0
600
440
1.200
54

=2.294

DRE
D
C

4.400
1.540
1.320
280
80
20
8.000

=7.640


PL
D
C

0
1.500
40

=1.540

CONTAS DEVEDORAS:
ativo - 5.240
DRE- 7.640

total=12.880 *por esse resultado seria letra A.

CONTAS CREDORAS:
ativo - 1.100
passivo - 2.294
DRE - 8.000
PL - 1.540

total = 12.934


A minha solução está muito diferente da sua?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
lromano78
moderador


Número de Mensagens : 4
Data de inscrição : 03/03/2008

MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Qua 19 Mar 2008, 14:25

A diferença que deu no ativo foi devido a classificação dos juros cobrados na hora do desconto da duplicata. O correto seria classificá-lo no AC, na conta "juros antecipados" ou "juros a vencer". Pelo princípio da competência, os juros combrados só deverão ser apropriados como despesa quando da "baixa" da duplicata, após o pagamento do devedor. Foi exatamente essa diferença (20). Você deve ter classificado como despesa, e algumas questões consideram assim também..... nessa hora temos que ficar de olho na resposta para descobrir como o examinador classificou essa conta!!!

Acho que é isso...

Abção
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Qua 19 Mar 2008, 21:47

Obrigado pela explicação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
ffgaio
moderador


Número de Mensagens : 19
Data de inscrição : 05/03/2008

MensagemAssunto: Questões 16, 17 e 20   Qui 01 Maio 2008, 16:00

Achei o mesmo que o Léo na questão 16. Ativo = 4.160. Em relação à questão 17, só queria fazer uma ressalva sobre a observação do Léo, que está correta, pois, na legislação antiga, para saber se é relevante teríamos de pegar o valor do investimento e dividir pelo PL da investidora, mas que, em verdade, é 1.400.000,00, como no enunciado. Não altera nada pq o percentual dará inferior a 10% e, além disso, se não há controle ou coligação, não há o que se falar um relevância.

Bom, o meu problema é a questão 20 que não sai nem a paulada. Alguém pode me dar uma ajuda. Já tentei três vezes e a variação do meu CCL dá 5.330,00 (já não tenho nem certeza desse valor).
Valeu, pessoal e aguardo a ajuda.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Sex 02 Maio 2008, 17:41

Resolvi a questão 20 pelas contas que afetam diretamente o ativo circulante e o passivo circulante já que CCL = AC - PC.

1) primeiro cálculei o CMV já que ele diminuirá o AC na primeira operação.
obs: os números que estão entre parênteses, indicam a operação dada pela questão.

DRE
DÉBITO CRÉDITO
(1) CMV
(10) 150
(11) 1.320
(16) 800
(20) 300
15.000 (1)
400 (12)
LL=4.500 (3)

(15.000+400) - (CMV+150+1320+800+300) = 4.500

Fazendo os cálculos, encontramos CMV = 8.330

2) Cálculo do Ativo Circulante e do Passivo Circulante.

ATIVO CIRCULANTE
DÉBITO CRÉDITO
(1)15.000 CMV = 8330 (1)
(2) 4.800 4200 (4)
(7) 150 2700 (6)
(7) 1200 1320 (11)
(10) 1350 900 (14)
(12) 1300 800 (16)
(13) 1200 300 (19)
(17) 450 150 (22)
(23) 143
TOTAL= 6.893


PASSIVO CIRCULANTE
DÉBITO CRÉDITO
(4) 4.200 4.800 (2)
(22) 150 1.650 (8.)
450 (18.)
143 (23)
TOTAL= 2693


CCL = AC - PC = 6.893 - 2.693 = 4200 - resposta letra C


Eu ficaria feliz se.....se o cálculo pela ORIGEM e APLICAÇÃO também desse esse resultado. Mas não deu. Eu encontro 4130 para o CCL. O que indica que tem alguma coisa errada. Vale a pena pedir a um professor para resolver. De qualquer forma fica aí a minha solução para comparação.

um abç.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
ffgaio
moderador


Número de Mensagens : 19
Data de inscrição : 05/03/2008

MensagemAssunto: Achei o meu erro.   Sab 03 Maio 2008, 13:29

OLá, Oculto.
Eu errei no CMV. Só queria mais um esclarecimento: em relação à nomenclatura: dividendo distribuído não significa que foi pago? Eu achava que dividendo proposto era o que eu colocava no PC para pagar. Procurei em alguns livros em casa e não achei uma resposta a esta boba pergunta.
Se puder, veja para mim.




oculto escreveu:
Resolvi a questão 20 pelas contas que afetam diretamente o ativo circulante e o passivo circulante já que CCL = AC - PC.

1) primeiro cálculei o CMV já que ele diminuirá o AC na primeira operação.
obs: os números que estão entre parênteses, indicam a operação dada pela questão.

DRE
DÉBITO CRÉDITO
(1) CMV
(10) 150
(11) 1.320
(16) 800
(20) 300
15.000 (1)
400 (12)
LL=4.500 (3)

(15.000+400) - (CMV+150+1320+800+300) = 4.500

Fazendo os cálculos, encontramos CMV = 8.330

2) Cálculo do Ativo Circulante e do Passivo Circulante.

ATIVO CIRCULANTE
DÉBITO CRÉDITO
(1)15.000 CMV = 8330 (1)
(2) 4.800 4200 (4)
(7) 150 2700 (6)
(7) 1200 1320 (11)
(10) 1350 900 (14)
(12) 1300 800 (16)
(13) 1200 300 (19)
(17) 450 150 (22)
(23) 143
TOTAL= 6.893


PASSIVO CIRCULANTE
DÉBITO CRÉDITO
(4) 4.200 4.800 (2)
(22) 150 1.650 (8.)
450 (18.)
143 (23)
TOTAL= 2693


CCL = AC - PC = 6.893 - 2.693 = 4200 - resposta letra C


Eu ficaria feliz se.....se o cálculo pela ORIGEM e APLICAÇÃO também desse esse resultado. Mas não deu. Eu encontro 4130 para o CCL. O que indica que tem alguma coisa errada. Vale a pena pedir a um professor para resolver. De qualquer forma fica aí a minha solução para comparação.

um abç.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Sab 03 Maio 2008, 19:48

ffgaio escreveu:
OLá, Oculto.
Eu errei no CMV. Só queria mais um esclarecimento: em relação à nomenclatura: dividendo distribuído não significa que foi pago? Eu achava que dividendo proposto era o que eu colocava no PC para pagar. Procurei em alguns livros em casa e não achei uma resposta a esta boba pergunta.
Se puder, veja para mim.

Olá ffgaio,

Da forma como você falou até parece que o problema desta questão foi resolvido. Infelizmente a questão ainda não está completamente resolvida. Ainda tem um grande problema aqui nesta questão 20. Para fechar uma questão de DOAR o cálculo pelo CCL e pela ORIGEM e APLICAÇÃO deve bater. Aqui ele não fechou. Quando isso acontece, geralmente indica que existe um erro em algum lugar. Falta descobrir onde está este erro.

Quanto a sua pergunta sobre o dividendo, ela é pertinente. Eu acho que seria dividendo pago se viesse escrito a palavra pago. Como ele falou em dividendo distribuído, eu não considerei ele como pago. Foi uma intrepretação minha. Enquanto eu não descobrir porque a solução pela ORIGEM e APLICAÇÃO não deu certo, eu não poderei te dizer se essa interpretação do dividendo está correta. Estou inseguro quanto ao resultado que encontrei.

um abç.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
ffgaio
moderador


Número de Mensagens : 19
Data de inscrição : 05/03/2008

MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Dom 04 Maio 2008, 09:31

Vc tem razão, pois a questão ainda não está resolvida, ou melhor, está resolvida no que concerne ao pedido do enunciado, mas as origens e aplicações devem bater. Se eu achar algo, falo para vc.
Obrigada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ffgaio
moderador


Número de Mensagens : 19
Data de inscrição : 05/03/2008

MensagemAssunto: Origens e aplicações   Ter 06 Maio 2008, 10:25

Oculto, quanto à questão 20, consegui chegar ao valor das origens e aplicações, vou colocar abaixo.
Em relação à distribuição de dividendos, achei um material meu antigo que confirma sua interpretação, ou seja, para ser pago tem de estar escrita a palavra pago, logo dividendo distribuído e proposto ocasionaria uma conta no PC.

I - Origens:
a)LL = 4.500
Depreciação = 300
Total = 4800

b) Capital realizado = 1.950
Aumento do PELP = 1.800
Diminuição do ARLP = 150
Total das origens (a+b) = 8.700


II - Aplicações:
a) Dividendos = 450
b) Aumento do AP = 4050
Total das aplicações = 4.500

Origens - Aplicações = 4.200 (variação do CCL)

OBs.: Fiz os lançamentos, mesmo aqueles que não teriam interferência no CCL, pois, pelo método indireto, chegamos ao resultado pela variação nos grupos e não olhando cada fato.
Qualquer dúvida, se eu puder, ajudo, ok?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Ter 13 Maio 2008, 09:04

Ontem, pedi ao professor Antonio César para resolver esta questão. Ele seguiu um caminho diferente mas solução ficou próxima a sua, ffgaio.

Ele acabou esclarecendo possíveis dúvidas como:
  • Dividendo distribuído é o que foi distribuído do lucro e não o que foi pago. Para ser dividendo pago ele deveria mencionar que era "pago".
  • A venda de participações societárias (e o lucro obtido nessa venda) é origem.
  • A venda de veículo a curto prazo (e o prejuízo nessa venda) é origem.


SOLUÇÃO

I - ORIGEM

(1)
Lucro líquido ---4.500
+ depreciação---300 .
LL Ajustado = 4.800

(2) capital = 1950

(3) Venda de veículo = 1500

(4) Venda de investimento = 900

(5)
PELP (empréstimos LP) --- 1.200
PELP (compra maq. LP) --- 1.500 .
Total PELP ---------------- = 2.700

(6) Redução ARLP = 450

TOTAL DAS ORIGENS = 12.300


II - APLICAÇÃO

(1) Aquisição de veículo = 2.700

(2) Aquisição de móveis = 1.650

(3) Aquisição de máquinas = 1.500

(4) Pagemento de empréstimo = 900

(5) Dividendos = 450

(6) Empréstimos concedidos = 300

(7) Móveis (da integralização de capital) = 600

TOTAL DAS APLICAÇÕES = 8.100


III - CCL

CCL = ORIGEM - APLICAÇÃO
CCL = 12.300 - 8.100
CCL = 4.200 - resposta letra C
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006   Hoje à(s) 04:54

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Analista de Controle Externo - TCU - 2005/2006
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Resolvido](CMBH 2005/2006) Envelopes e Provas
» Ângulo externo
» (ITA) 2005
» Pneumatologia: agente externo x agente interno
» A questão da liberdade da imprensa e a possibilidade de certo controle da mídia.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FÓRUM DOS CONCURSOS ::  ÁREA FISCAL :: só contabilidade-
Ir para: