InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Login  

Compartilhe | 
 

 URGENTÍSSIMO! Ajuda para interpor recurso até terça 24/06!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
wilerjr
novato


Número de Mensagens : 1
Data de inscrição : 23/06/2008

MensagemAssunto: URGENTÍSSIMO! Ajuda para interpor recurso até terça 24/06!   Seg 23 Jun 2008, 11:22

Boa tarde caros colegas, tudo bom?

Se alguém souber de algum e-mail de algum professor ou alguém que poderia me ajudar a fazer esse recurso, POR FAVOR ME DIGAM!!

Espero que tenham tempo de analisar essas questões da prova da CEGAS elaborada pela UECE (http://gemeos2.uece.br/cev/) realizado nesse final de semana. O gabarito preliminar foi a letra 'C', embora eu acredito que eles trocaram o gabarito e a resposta correta é a letra 'D'.

Endereço da prova: http://gemeos2.uece.br/cev/conc2008/ceg ... anasis.pdf
Endereço do gabarito preliminar: http://gemeos2.uece.br/cev/conc2008/ceg ... iminar.pdf

07. A conjunção “embora”, linha 19, estabelece
relação de
A) explicação.
B) causa.
C) oposição.
D) conseqüência.

Parágrafo que contém essa conjunção:

Difícil é ser maduro. Difícil é aceitar as
responsabilidades da vida. Por isso delegar
poder, responsabilidade e livrar-se do problema
(situação infantil) é sempre mais cômodo,
embora, paradoxalmente, acabe levando à
negação posterior da delegação autoritária
porque quem a assume acaba por não a
suportar, tal o preço da sua manutenção, e
cai no arbítrio e na opressão.

Vou copiar aqui também o texto todo caso você queria analisá-lo, mesmo sem ter a necessidade dele para responder à questão acima.

O que explica o êxito temporário das formas
negadoras da liberdade é a dificuldade profunda
e muito camuflada de aceitar o enfrentamento
da vida inerente à liberdade. É mais cômodo
delegar a responsabilidade a uma instituição
externa (governo, clubes, partidos, religiões,
autoridades de qualquer tipo: intelectuais,
religiosas, filosóficas, tecnocráticas,
policiais, militares etc) e deixar com ela o
peso das decisões do que viver em si próprio a
responsabilidade de decidir, escolher, enfrentar
os problemas da solidão, individualidade,
limitação, injunções e frustrações inerentes a
qualquer tipo de liberdade.
Difícil é ser maduro. Difícil é aceitar as
responsabilidades da vida. Por isso delegar
poder, responsabilidade e livrar-se do problema
(situação infantil) é sempre mais cômodo,
embora, paradoxalmente, acabe levando à
negação posterior da delegação autoritária
porque quem a assume acaba por não a
suportar, tal o preço da sua manutenção, e
cai no arbítrio e na opressão.
Liberdade e democracia são, pois,
instâncias inevitáveis e assustadoras, sem as
quais a vida madura (de uma pessoa ou um país)
é impossível, mas com as quais a
responsabilidade aumenta e, com ela, a
capacidade de tolerar imperfeições, frustrações,
demoras, aparentes desarmonias, erros,
justamente o que é difícil de aceitar: a lenta
gestação da evolução.
(Artur da Távola. Alguém que já não fui. Rio de
Janeiro, Salamandra, 1979. P. 156)

E alguém acha que nessa questão abaixo caberia recurso também? O gabarito preliminar foi letra 'B':

15. A palavra “reajuste”, linha 37, sofreu os
seguintes processos de formação:
A) ajuste → reajustar → ajustar → reajuste.
B) justo → ajustar → reajustar → reajuste.
C) ajuste → ajustar → reajustar → reajuste.
D) justo → reajustar → ajustar → reajuste.

Muitíssimo obrigado pela ajuda de todos!!

Wiler
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
xlaine
moderador


Número de Mensagens : 229
Data de inscrição : 28/02/2008

MensagemAssunto: Re: URGENTÍSSIMO! Ajuda para interpor recurso até terça 24/06!   Seg 23 Jun 2008, 11:30

Espero que tenham tempo de analisar essas questões da prova da CEGAS elaborada pela UECE (http://gemeos2.uece.br/cev/) realizado nesse final de semana. O gabarito preliminar foi a letra 'C', embora eu acredito que eles trocaram o gabarito e a resposta correta é a letra 'D'.

Endereço da prova: http://gemeos2.uece.br/cev/conc2008/ceg ... anasis.pdf
Endereço do gabarito preliminar: http://gemeos2.uece.br/cev/conc2008/ceg ... iminar.pdf

07. A conjunção “embora”, linha 19, estabelece
relação de
A) explicação.
B) causa.
C) oposição.
D) conseqüência.

Parágrafo que contém essa conjunção:

Difícil é ser maduro. Difícil é aceitar as
responsabilidades da vida. Por isso delegar
poder, responsabilidade e livrar-se do problema
(situação infantil) é sempre mais cômodo,
embora, paradoxalmente, acabe levando à
negação posterior da delegação autoritária
porque quem a assume acaba por não a
suportar, tal o preço da sua manutenção, e
cai no arbítrio e na opressão.

ESCLARECENDO MINHA OPINIÃO:
O trecho acima narra uma situação em que o autor afirma que é mais cômodo livrar-se do problema, delegar responsabilidade. Mesmo afirmando ser mais cômodo, ressalta que esse comodismo, paradoxalmente (já dá a idéia de uma oposição) _ vide significado da palavra paradoxo _ esse comodismo leve à negação posterior da delegação autoritária... não suportar o preço da sua manutenção...A AFIRMATIVA DO AUTOR, MOSTRA OU DENOTA A INFATILIDADE NO SENTIDO DO COMODISMO TER CONSEQÜÊNCIAS, OPOSTAS A UMA SITUAÇÃO CÔMODA. APESAR DE FALAR EM CONSEQÜÊNCIA, RELATA UMA OCORRÊNCIA CONTRÁRIA, OPOSTA À IDÉIA DO COMODISMO. Como se o comodismo citado e taxado pelo autor, fosse infantil justamente por não pensar as conseqüências... Espero ter sido clara!

Vou copiar aqui também o texto todo caso você queria analisá-lo, mesmo sem ter a necessidade dele para responder à questão acima.

O que explica o êxito temporário das formas
negadoras da liberdade é a dificuldade profunda
e muito camuflada de aceitar o enfrentamento
da vida inerente à liberdade. É mais cômodo
delegar a responsabilidade a uma instituição
externa (governo, clubes, partidos, religiões,
autoridades de qualquer tipo: intelectuais,
religiosas, filosóficas, tecnocráticas,
policiais, militares etc) e deixar com ela o
peso das decisões do que viver em si próprio a
responsabilidade de decidir, escolher, enfrentar
os problemas da solidão, individualidade,
limitação, injunções e frustrações inerentes a
qualquer tipo de liberdade.
Difícil é ser maduro. Difícil é aceitar as
responsabilidades da vida. Por isso delegar
poder, responsabilidade e livrar-se do problema
(situação infantil) é sempre mais cômodo,
embora, paradoxalmente, acabe levando à
negação posterior da delegação autoritária
porque quem a assume acaba por não a
suportar, tal o preço da sua manutenção, e
cai no arbítrio e na opressão.
Liberdade e democracia são, pois,
instâncias inevitáveis e assustadoras, sem as
quais a vida madura (de uma pessoa ou um país)
é impossível, mas com as quais a
responsabilidade aumenta e, com ela, a
capacidade de tolerar imperfeições, frustrações,
demoras, aparentes desarmonias, erros,
justamente o que é difícil de aceitar: a lenta
gestação da evolução.
(Artur da Távola. Alguém que já não fui. Rio de
Janeiro, Salamandra, 1979. P. 156)

E alguém acha que nessa questão abaixo caberia recurso também? O gabarito preliminar foi letra 'B':

15. A palavra “reajuste”, linha 37, sofreu os
seguintes processos de formação:
A) ajuste → reajustar → ajustar → reajuste.
B) justo → ajustar → reajustar → reajuste.
C) ajuste → ajustar → reajustar → reajuste.
D) justo → reajustar → ajustar → reajuste.

Muitíssimo obrigado pela ajuda de todos!!

Wiler[/quote]

Caro Wiler,
Caso vc queira encontrar um professor para interpor recurso na questão 7, entre o no site do Curso Cefis e procure o professor Luiz Ricardo.
MAS (embora), NA MINHA OPINIÃO, A CONJUNÇÃO "EMBORA" TEM FUNÇÃO DE OPOSIÇÃO SIM. Portanto, não caberia recurso.
No segundo caso, questão envolvendo a palavra REAJUSTE não vejo motivo tb. Mas, não sou professora de Português.
[u][b]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Re: URGENTÍSSIMO! Ajuda para interpor recurso até terça 24/06!   Seg 23 Jun 2008, 13:49

wilerjr escreveu:
Boa tarde caros colegas, tudo bom?
Se alguém souber de algum e-mail de algum professor ou alguém que poderia me ajudar a fazer esse recurso, POR FAVOR ME DIGAM!!

Oi Wilerj,

Tenta entrar em contato com a professora Cláudia Kozlowski do site do pontodosconcursos. Pode ser que ela te ajude. O dados são estes aqui:

CLÁUDIA KOZLOWSKI - claudia@pontodosconcursos.com.br

pagina da professora no site do pontodosconcursos:
http://www.pontodosconcursos.com.br/professor.asp?prof=100&menu=professores



um abç
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
oculto
classe C
classe C


Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 05/01/2008

MensagemAssunto: Re: URGENTÍSSIMO! Ajuda para interpor recurso até terça 24/06!   Seg 23 Jun 2008, 14:47

wilerjr escreveu:
Boa tarde caros colegas, tudo bom?

07. A conjunção “embora”, linha 19, estabelece
relação de
A) explicação.
B) causa.
C) oposição.
D) conseqüência.

Parágrafo que contém essa conjunção:

Difícil é ser maduro. Difícil é aceitar as
responsabilidades da vida. Por isso delegar
poder, responsabilidade e livrar-se do problema
(situação infantil) é sempre mais cômodo,
embora, paradoxalmente, acabe levando à
negação posterior da delegação autoritária
porque quem a assume acaba por não a
suportar, tal o preço da sua manutenção, e
cai no arbítrio e na opressão.


Oi Wiler,

Eu não professor de português, mas deixo também a minha opinião sobre a questão 7.

Acho que o sentido está mais para oposição do que para consequência. Acho que se trata de uma oração subordinada concessiva. Se tivesse uma relação de consequência ela seria oração subordinada consecutiva.

Aqui está um pequeno resumo da relação de sentido que a oração subordinada estabelece com a oração principal. Eu copiei do livro "As Últimas do Português (Análise Sintática)/ Décio Sena / Editora Ferreira.


A oração subordinada adverbial pode ser:

CAUSAL - indica circunstância de causa para o fato expresso na oração principal.
[Não fui à aula] [porque choveu muito]

CONSECUTIVA - indica a consequência do fato expresso na oração principal.
[Choveu tanto] [que não fui à aula]

COMPARATIVA - indica o segundo elemento de comparação que se inicia na oração principal.
[José estuda muito mais] [(do) que descansa]

CONFORMATIVA - indica o modo como a ação verbal narrada na oração principal ocorre.
[O rapaz agiu] [ como combinamos]

CONDICIONAL - indica a condição para que ocorra o fato expresso na oração principal.
[Caso sejamos convidados,] [iremos à festa]

CONCESSIVA - indica fato que seria impedimento à efetiva realização do que se afirma na oração principal.
[Embora o maltratassem,] [permanecia amigo]

FINAL - indica o fim com que ocorre a mensagem expressa na oração principal.
[O mestre trabalhou arduamente] [ para que entendêssemos o assunto]

PROPORCIONAL - indica o fato que ocorre concomitantemente a outro expresso na oração principal.
[Ficava cansado] [à proporção que corria]

TEMPORAL - indica o momento, o tempo em que ocorre a ação expressa na oração principal.
[Sairemos] [assim que ele chegar]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://forumdosconcursos.hpg.ig.com.br
xlaine
moderador


Número de Mensagens : 229
Data de inscrição : 28/02/2008

MensagemAssunto: Re: URGENTÍSSIMO! Ajuda para interpor recurso até terça 24/06!   Seg 23 Jun 2008, 16:26

oculto escreveu:
wilerjr escreveu:
Boa tarde caros colegas, tudo bom?

07. A conjunção “embora”, linha 19, estabelece
relação de
A) explicação.
B) causa.
C) oposição.
D) conseqüência.

Parágrafo que contém essa conjunção:

Difícil é ser maduro. Difícil é aceitar as
responsabilidades da vida. Por isso delegar
poder, responsabilidade e livrar-se do problema
(situação infantil) é sempre mais cômodo,
embora, paradoxalmente, acabe levando à
negação posterior da delegação autoritária
porque quem a assume acaba por não a
suportar, tal o preço da sua manutenção, e
cai no arbítrio e na opressão.


Oi Wiler,

Eu não professor de português, mas deixo também a minha opinião sobre a questão 7.

Acho que o sentido está mais para oposição do que para consequência. Acho que se trata de uma oração subordinada concessiva. Se tivesse uma relação de consequência ela seria oração subordinada consecutiva.

Aqui está um pequeno resumo da relação de sentido que a oração subordinada estabelece com a oração principal. Eu copiei do livro "As Últimas do Português (Análise Sintática)/ Décio Sena / Editora Ferreira.


A oração subordinada adverbial pode ser:

CAUSAL - indica circunstância de causa para o fato expresso na oração principal.
[Não fui à aula] [porque choveu muito]

CONSECUTIVA - indica a consequência do fato expresso na oração principal.
[Choveu tanto] [que não fui à aula]

COMPARATIVA - indica o segundo elemento de comparação que se inicia na oração principal.
[José estuda muito mais] [(do) que descansa]

CONFORMATIVA - indica o modo como a ação verbal narrada na oração principal ocorre.
[O rapaz agiu] [ como combinamos]

CONDICIONAL - indica a condição para que ocorra o fato expresso na oração principal.
[Caso sejamos convidados,] [iremos à festa]

CONCESSIVA - indica fato que seria impedimento à efetiva realização do que se afirma na oração principal.
[Embora o maltratassem,] [permanecia amigo]

FINAL - indica o fim com que ocorre a mensagem expressa na oração principal.
[O mestre trabalhou arduamente] [ para que entendêssemos o assunto]

PROPORCIONAL - indica o fato que ocorre concomitantemente a outro expresso na oração principal.
[Ficava cansado] [à proporção que corria]

TEMPORAL - indica o momento, o tempo em que ocorre a ação expressa na oração principal.
[Sairemos] [assim que ele chegar]

PERFEITO, OCULTO! É UMA ORAÇÃO SUBORDINADA SUBJETIVA. APESAR DA AFIRMAÇÃO USAR A CONSEQÜÊNCIA PARA JUSTIFICAR A OPOSIÇÃO, O SENTIDO DA CONJUNÇÃO embora É NO SENTIDO DE INICIAR A OPOSIÇÃO.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: URGENTÍSSIMO! Ajuda para interpor recurso até terça 24/06!   Hoje à(s) 04:51

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
URGENTÍSSIMO! Ajuda para interpor recurso até terça 24/06!
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» TRIGONOMETRIA: Ajuda para resolver questões de trigonometria
» Ajuda! Material para ITA
» Por favor, me ajuda fazer essa fatoração
» Ajuda para uma iniciante leiga
» Ajuda para desmame de antidepressivos e ansiolíticos

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FÓRUM DOS CONCURSOS ::  ÁREA FISCAL :: só português-
Ir para: