InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Login  

Compartilhe | 
 

 QUESTÃO DO DIA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
xlaine
moderador


Número de Mensagens : 229
Data de inscrição : 28/02/2008

MensagemAssunto: QUESTÃO DO DIA   Sab 12 Abr 2008, 22:23

(ESAF/CGU/AFC/2006) Português - 1

01- Assinale o trecho que constitui uma síntese adequada ao texto.

A tradição dominante em nossa historiografia conduziu os melhores espíritos a uma espécie de “história oficial” singularmente desprendida de intenções interpretativas e, em particular, muito sujeita a converter os atos declarados e as aspirações ideais conscientes dos agentes históricos em realidade histórica última, tão irredutível quão verdadeira em si mesma. A reação a esse padrão deficiente e deformado de descrição histórica é recente e ainda não conseguiu criar uma perspectiva de interpretação histórica livre de etnocentrismos, criticamente objetiva e aberta a certas categorias analíticas fundamentais. Por isso, aí reina uma confusão conceitual e metodológica prejudicial a qualquer tentativa de investigação macrossociológica.

(Florestan Fernandes, A revolução burguesa no Brasil, in Intérpretes
do Brasil, vol. 3, Rio de Janeiro: Nova Aguilar, p. 1.509)

a) Os melhores espíritos, sem intenções interpretativas, convertem as aspirações ideais em realidade histórica irredutível. A reação à descrição histórica não conseguiu livrar-se do etnocentrismos nem do prejuízo a qualquer investigação macrossociológica.

b) A tradição em nossa historiografia preferiu adotar a “história oficial” como realidade histórica. A reação a essa descrição equivocada é recente e ainda não
conseguiu criar uma perspectiva mais objetiva, livre de etnocentrismos e teoricamente aberta. Por isso, predomina aí confusão conceitual e metodológica que prejudica a investigação macrossociológica.

c) A historiografi a tradicional conduziu as descrições históricas a uma verdade irredutível. Esse padrão deficiente e deformado é recente e ainda não mudou a perspectiva das categorias analíticas. Assim, a confusão conceitual e metodológica tenta uma investigação macrossociológica.

d) A tradição historiográfica desprendeu-se de intenções interpretativas e converteu os agentes históricos em verdade irredutível. A reação é recente e ainda não se livrou do etnocentrismo e criou uma perspectiva mais aberta. O predomínio da conceituação na metodologia atrapalha a investigação macrossociológica.

e) Há uma “história oficial” desprendida de intenções interpretativas, sujeita a converter os agentes históricos em realidade histórica última. A reação é recente, mais objetiva, aberta a certas categorias analíticas. Essas conceituações metodológicas predominam e tentam uma investigação macrossocilógica.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
QUESTÃO DO DIA
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» A questão do vinho (álcool) nos dias atuais...
» Questão Astronomia
» questão de conjunto 3
» Questão boa-IME
» Questão militar. - AFA

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FÓRUM DOS CONCURSOS ::  ÁREA FISCAL :: só português-
Ir para: